quarta-feira, 12 de abril de 2017

Medicamentos letais e crime organizado - Dr. Peter C. Gøtzsche - Legenda...



Reserve um tempo para assistir a esse vídeo do início ao fim, principalmente se você se interessa por saúde mental, seja você profissional ou usuário dos serviços de saúde mental. Aqui você verá a ligação perigosa existente entre a psiquiatria e os grandes laboratórios, responsáveis pelos critérios diagnósticos e as diretrizes de tratamento que estimulam o uso de medicamentos que fazem mal a saúde e cujo objetivo espúrio está em criar uma clientela dependente de medicações potencialmente perigosas. Vale lembrar a máxima do psiquiatra britânico Theodore Dalrymple, para quem, se jogássemos no mar todos os antidepressivos não deixaríamos nenhum peixe mais feliz e nenhum humano mais triste.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

DESPERTE O GIGANTE INTERIOR

A primeira vista parece realmente ser um livro de autoajuda com receitas prontas para se obter a felicidade. Mas ao lê-lo se percebe bem mais que isso: o autor se apóia em princípios da Psicologia que passeiam entre os três principais sistemas dessa nobre ciência, vai da Psicanálise freudiana, passa pela Psicologia Individual de Adler, pelo Behaviorismo de Pavlov, Watson e Skinner, usa elementos da Psicologia da Gestalt e desemboca nas modernas abordagens que fundem a Psicologia Cognitiva de Beck com a Terapia Racional Emotiva Comportamental de Ellis.
Acredito que essa mistura possa ser de grande utilidade - como ele tem demonstrado em seus treinamentos - para ajudar as pessoas a viverem melhor, aprendendo a conduzir suas vidas livres das "convicções limitadoras" e possibilitando a tomada de decisão nos pontos chaves de sua vida que estão sendo prejudiciais à sua saúde física e mental. Recomendo a leitura.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

satanás cristão


Achei esse vídeo muito legal, pois, esclarece de forma rápida e leve a infantilidade dessa crença nos demônios sempre presente nas religiões. Como afirmam de boca cheia os crentes de todas as religiões, "se existe o bem (deus) deve existir também o mal", e é melhor localizar esse mal fora de mim, projetado nessa figura, que nem os deuses são capaz de controlar, em vez de assumir que todo mal e toda maldade são frutos das ações dos próprios seres humanos.